Paginação de pisos

Saiba como fazer paginação de pisos e evite desperdícios

Para controlar gastos e conseguir um resultado de acordo com as expectativas nas obras, é preciso especificar todos os detalhes: materiais, orçamento e prazos. Isso inclui saber como fazer a paginação de pisos.

Se você quer saber o que é paginação de pisos e qual a importância dela para a economia da sua obra, acompanhe este post!

O que é paginação de pisos?

Antes de falar sobre a parte prática, vamos entender o que é paginação de pisos. De forma bem simples, esse é o nome dado ao processo que esquematiza a forma como os revestimentos serão assentados.

Ela será representada lá na planta baixa do seu projeto arquitetônico e indica a aplicação da placa mestra, que servirá como base para a colocação das outras peças.

A paginação representa uma grande economia na construção, já que permite calcular de forma mais exata a quantidade de material necessário, evitando desperdício.

Como fazer paginação de pisos?

O piso pode ser colocado de diversas formas: alinhados, na horizontal, diagonal, vertical ou até mesmo em formato de escama de peixe e em esquema transpassado.

Isso afeta diretamente na metragem de peças necessárias para compor os ambientes, por isso é a base de toda paginação.

O planejamento deve levar em conta o tamanho e a direção dos pisos, assim como a metragem do cômodo no qual o revestimento será aplicado.

Normalmente, os esquemas que precisam de corte de peças, como o diagonal, dão um pouco mais de trabalho, mas uma boa paginação ajuda no planejamento.

Mas afinal, como fazer uma boa paginação de pisos e economizar na obra? A gente explica para você também!

Separamos alguns pontos essenciais para se pensar durante a esquematização, confira:

  1. Dimensões do piso e do cômodo

Saber a metragem do cômodo no qual o revestimento será instalado e o tamanho das peças é o primeiro passo para uma boa paginação.

Isso facilita o cálculo de peças necessárias e evita perdas durante a aplicação dos pisos.

  1. Leve em conta os cortes

Conforme comentamos, algumas padronagens, como a aplicação em diagonal ou escama de peixe, pede alguns cortes para que a esquematização funcione corretamente.

A dica é planejar o esquema para que as peças cortadas fiquem mais escondidas: coloque-as embaixo de móveis e nos cantos do cômodo.

Em locais mais visíveis e de maior circulação, dê preferência às peças inteiras. Isso contribui também para a durabilidade do material.

  1. Fique atento aos pisos com detalhes

Pisos com desenhos, estampas e padronagens pedem uma atenção especial no momento da paginação para garantir que a imagem se forme da maneira correta.

Escolha o piso ideal para você!

Antes da paginação, você precisa escolher um piso adequado para as suas necessidades. Ainda não sabe qual o melhor modelo para você? A gente ajuda!

Aqui na Conspem você encontra as melhores opções em piso fulget tradicional e granilha. Eles são uma ótima opção para quem quer unir praticidade, beleza e resistência.

Acesse nosso site para conhecer as vantagens do fulget e entenda por que ele é o piso ideal para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Conspem atua no mercado há mais de 30 anos, especializada em revestimentos de paredes e pisos com Fulget Tradicional (Granito Lavado Fultec) e Granilha (Fulget Acrílico), além de reformas em fachadas.

Contato

Atendimento:
(11) 2094-4742
(11) 2092-9682
(11) 2092-9528
(11) 2094-3692
(11) 2092-2228

e-mail:
[email protected]

Rolar para cima