rampa de garagem

Rampa de garagem: como garantir a segurança nessa área

A rampa de garagem quase nunca é prioridade nos projetos de construção, mas esse item pede uma atenção especial para garantir a segurança dos pedestres e aos moradores.

Se você quer saber como fazer rampa de garagem da maneira correta, acompanhe nossas dicas especiais neste post!

Como fazer rampa de garagem segura e funcional?

A rampa para garagem é um item muito importante em qualquer projeto arquitetônico, pois precisa considerar diversos detalhes para ser funcional e segura.

A escolha da localização, a inclinação correta e o uso dos materiais adequados são pontos essenciais para construir uma rampa bem resistente e que cumpre o seu papel corretamente.

Lembre-se que, além de facilitar a entrada com o carro, a rampa pode ficar no caminho dos pedestres. Se esse for o seu caso, os cuidados devem ser redobrados para evitar acidentes.

Escolher o revestimento de calçada ideal, por exemplo, ajuda a proteger os pedestres de quedas e garantem maior durabilidade ao material, já que ele fica exposto às ações climáticas de forma constante.

Quais os cuidados para construir uma rampa de garagem?

Além desses cuidados básicos que nós já citamos, listamos também outros 4 pontos essenciais para não errar na hora de construir a rampa para garagem.

Anote essas dicas para não esquecer:

  1. Siga as normas

Você sabia que existem algumas normas para construção de rampas de garagem? Pois é, elas têm como objetivo garantir a segurança de todos.

A inclinação da sua rampa, por exemplo, deve seguir essa fórmula estabelecida pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) na NBR 9050: i = h × 100 ÷ C.

Neste cálculo i é a inclinação (expressa em porcentagem), h representa a altura do desnível e c representa o comprimento da rampa. Além disso, existem normas para a construção da calçada, como a obrigatoriedade de piso antiderrapante.

  1. Conheça o solo do local

Cada tipo de solo exige um tratamento específico para contenção. Se ele for argiloso, por exemplo, será preciso acrescentar algum material para torná-lo firme, como areia e cascalho.

  1. Procure uma empresa especializada

Se quiser evitar dor de cabeça nesse processo, o ideal é contatar uma empresa especializada para realizar o serviço.

Com todo o conhecimento técnico necessário, a sua rampa ficará funcional de acordo com todas as regras de segurança.

  1. Escolha o revestimento correto

Como já explicamos, as normas pedem a utilização de material antiderrapante nas calçadas e isso inclui a sua rampa para garagem. Mas a escolha do revestimento correto vai muito além disso.

O piso para garagem precisa ser de alta resistência para aguentar o peso dos veículos e o alto trafego de pessoas, assim como a exposição ao sol e a chuva. Ele também deve ser durável e de fácil manutenção.

 O fulget é um material que cumpre todas essas funções e ainda possui um design exclusivo. Todas essas vantagens do fulget o tornam o revestimento ideal para a sua garagem.

Para encontrar materiais de qualidade, acesse o site da Conspem e conheça nossa linha de revestimento fulget!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Conspem atua no mercado há mais de 30 anos, especializada em revestimentos de paredes e pisos com Fulget Tradicional (Granito Lavado Fultec) e Granilha (Fulget Acrílico), além de reformas em fachadas.

Contato

Atendimento:
(11) 2094-4742
(11) 2092-9682
(11) 2092-9528
(11) 2094-3692
(11) 2092-2228

e-mail:
[email protected]

Rolar para cima